Redes sociais alavancam trabalhos da CPI do BNDES

Redes sociais alavancam trabalhos da CPI do BNDES

Redes sociais alavancam trabalhos da CPI do BNDES

O trabalho da CPI do BNDES ganha notoriedade à medida que a Comissão se aproxima de fatos e pessoas importantes. Um vídeo da deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) interrogando o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega chegou à marca de 40 mil compartilhamentos, em apenas três dias, na página da parlamentar.

Outros resultados digitais de Paula Belmonte, nos últimos três dias, impressionam. No Facebook, a página teve 5 mil curtidas; o Twitter dobrou o número de seguidores; o Instagram passou de 25 mil seguidores e o YouTube alcançou 2 mil inscritos no canal. “Os brasileiros esperam por resposta. Este é o nosso trabalho, saber onde foi parar o dinheiro público”, questiona a parlamentar, que é vice-presidente da CPI do BNDES.

Viralizou

 

Além de Guido Mantega, outras publicações nas redes sociais de Paula Belmonte ganharam destaque em âmbito nacional. A deputada enquadrou Paulo Rabello de Castro, ex-presidente do Banco, e o vídeo chegou a 1 milhão de visualizações. O tweet anunciando a acareação com Joesley Batista e Guido Mantega para apurar denúncias de propina obteve 1.000 curtidas.

Formada em fevereiro de 2019, a Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga atos ilícitos no Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico, já interrogou nomes como o ex-presidente do Banco Luciano Coutinho e a ex-secretária executiva da Camex Litha Battiston Spíndola. O próximo depoente será outro ex-ministro da Fazenda: o petista Antônio Palocci.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?