Ministério Público apura irregularidades em hospitais de campanha do DF

Ministério Público apura irregularidades em hospitais de campanha do DF

Ministério Público apura irregularidades em hospitais de campanha do DF

O Ministério Público Federal quer saber de todos os governadores qual a destinação dos recursos para combate à covid-19. Existem suspeitas de superfaturamento de hospitais de campanha e investimentos emergenciais em vários estados, inclusive no Distrito Federal.

Em ofício enviado ao governador Ibaneis Rocha (MDB) e aos outros 26 governadores, o MPF enviou perguntas sobre as estruturas provisórias. Muitas delas foram desmontadas após a primeira onda e hoje, fazem falta ao Sistema Único de Saúde (SUS), a exemplo do hospital de campanha do estádio Mané Garrincha.

Governo do DF terá até 19 de março para responder ao Ministério Público Federal:

– Quantos e quais hospitais de campanha foram construídos?

– Quais hospitais de campanha foram construídos e não entraram em funcionamento? E, dentre os que entraram em funcionamento, qual a data de inauguração das atividades de atendimento?

– Quais hospitais de campanha estão em funcionamento hoje?

– O Governo deverá informar a data de desativação e o motivo do fechamento.

– Qual a destinação aos insumos e equipamentos dos hospitais de campanha desativados?

Oficio-Circular-02-2021-GIAC-Hosp-de-Camp-gov

One Comments

  1. Avatar
    leonora saminez
    março 16, 2021 at 22:43 pm

    Demorou para que o MP tomasse providencias, junto aos governadores, sobre as verbas destinadas, para os Hospitais de campanha, o que nos parece, é que usaram as verbas como bem lhes aprouver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?