“Vacinação precisa ser tratada com seriedade”, afirma Paula Belmonte

“Vacinação precisa ser tratada com seriedade”, afirma Paula Belmonte

“Vacinação precisa ser tratada com seriedade”, afirma Paula Belmonte

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) criticou o ritmo de vacinação no Distrito Federal. Para a parlamentar, é preciso resolver os gargalos da área e encontrar alternativas. Durante a reunião da Comissão Especial da Covid-19, o subsecretário de Vigilância à Saúde, Divino Valero Martins, afirmou que novos grupos serão vacinados apenas no fim de maio.

O cálculo do subsecretário leva em conta que, em média, 60 mil vacinas chegaram ao DF a cada semana. De 60 a 65 anos, existem cerca de 400 mil habitantes. Assim, essa faixa etária seria coberta em um mês e meio.

Por mais que se possua estrutura física e profissionais para imunizarem a população, a capital depende do cronograma de entrega de doses do Ministério de Saúde. “No ano passado, durante a campanha de vacinação contra a Influenza, conseguimos vacinar 270 mil pessoas em uma semana”, disse Valero.

“Precisamos tratar esse tema com muita seriedade tanto em relação ao Governo Federal quanto ao Governo do Distrito Federal, que tem, desde fevereiro, a possibilidade de comprar vacinas. Dinheiro tem e o Congresso Nacional entregou esse dinheiro para o combate ao coronavírus”, afirmou.

Vale lembrar que os governadores da região Nordeste anunciaram a compra de 37 milhões de doses da vacina russa Sputnik V. O acordo foi fechado na segunda quinzena de março e o início das entregas depende de aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?