Primeiro aparelho de ressonância da rede pública será comprado com emendas de Paula Belmonte

Primeiro aparelho de ressonância da rede pública será comprado com emendas de Paula Belmonte

Primeiro aparelho de ressonância da rede pública será comprado com emendas de Paula Belmonte

A Secretaria de Saúde se prepara para receber o primeiro aparelho de ressonância magnética de toda a rede pública do Distrito Federal.  O equipamento será instalado no Hospital Regional de Santa Maria. A deputada federal Paula Belmonte destinou R$ 4 milhões para que a operação seja realizada.

Com entrega prevista para o primeiro semestre de 2020, o aparelho será capaz de realizar pelo menos 30 exames por dia. Atualmente, quem precisa fazer um exame dessa natureza é encaminhado para uma única unidade da rede particular, mas existe uma limitação de 250 exames por mês. A fila para as ressonâncias já passa dos 20 mil pacientes.

A aquisição custará cerca de US$ 1 milhão, cerca de R$ 4 milhões na cotação atual. A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) promete empenho para que a melhoria chegue o mais breve possível.  “Vou fazer de tudo para que essa emenda seja executada, porque é uma ação que vai melhorar a saúde do Distrito Federal. É um absurdo que até hoje não tínhamos um aparelho de ressonância”, afirmou.

Na quinta-feira (31/10), Paula se juntou a Okumoto e Araújo para conhecer as futuras instalações. “Vai ser o primeiro na nossa rede. Temos outras empresas credenciadas, mas agora vamos ter uma da nossa rede, graças a essa cooperação”, afirmou o secretário de saúde.

O diretor-presidente do Iges-DF, Francisco Araújo classificou a contratação como “histórica” e prometeu entrega para o primeiro semestre do ano que vem. “Tenho certeza que até junho população do Gama e de Santa Maria receberá esse equipamento que é inédito na rede pública”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?