Parlamentares defendem expansão de cursos para qualidade de vida de idosos

Parlamentares defendem expansão de cursos para qualidade de vida de idosos

Parlamentares defendem expansão de cursos para qualidade de vida de idosos

A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa debateu programas de inclusão, com destaque para a  Universidade do Envelhecer (UniSER), promovida pela Universidade de Brasília. Os parlamentares defenderam que o modelo, sucesso no Distrito Federal, possa ser expandido para outros países.

A audiência foi presidida pela deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF), que também foi a autora do requerimento de realização. A UniSer recebeu emendas parlamentares no valor de R$ 500 mil para o exercício de 2021.

VEJA NA ÍNTEGRA

A parlamentar pediu que os presentes fizessem um exercício de imaginação sobre a diferença que um projeto como a UniSER pode fazer na vida dos participantes. “Pensem em como se sentem esses idosos, muitas vezes de periferia, entrando em uma universidade, com todo o respeito e atenção dos professores. A autoestima é despertada na hora. Algo muito bonito”, disse Paula Belmonte.

A diretora do programa é Margô Karnikowiski. Ao apresentar a UniSER, ela lembrou que um dos desafios do Brasil nas próximas décadas é lidar com o envelhecimento da população. Para a professora acadêmica, é possível replicar projetos nessa área. “Precisamos pensar em estratégias de como utilizar a educação como uma importante ferramenta nessa fase da vida”, explicou.

Ao citar o exemplo de outros países, Margô defendeu urgência para lidar com o problema. “A pirâmide vai se inverter rápido e nós precisamos estar preparados. Pode acontecer como ocorre atualmente no México, onde há muitos idosos de rua”, alertou.

O patrono da UniSER, José Alberto Gomes de Oliveira, comemorou a transformação que o projeto é capaz de fazer nos participantes. “Vocês da Uniser são responsáveis por eu sentir uma emoção muito grande. Espero que vocês consigam trazer mais alunos, políticos, deputados, senadores e até o presidente, que também vai envelhecer. Vamos convidá-lo”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?