Paula Belmonte coordena seminário do CNJ sobre fortalecimento da primeira infância

Paula Belmonte coordena seminário do CNJ sobre fortalecimento da primeira infância

Paula Belmonte coordena seminário do CNJ sobre fortalecimento da primeira infância

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) foi mediadora de evento promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nesta quinta-feira (19) para fortalecer a integração das políticas para as crianças. Direcionado à região Sul do Brasil, o seminário do “Pacto Nacional pela Primeira Infância” contou com a participação dos ministros Luiz Fux, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), e Paulo Guedes, do Ministério da Economia.

“Um evento como este é fundamental porque a criança tem que ser nossa prioridade absoluta, como determina nossa Constituição. A atenção à infância deve ser o centro de toda a sociedade. Além de pensar políticas públicas, temos que ter orçamento para executar as ações. Investir nessa na fase da gestação até o seis anos é investir no nosso futuro”, afirmou Paula Belmonte.

No workshop presidido pela parlamentar, especialistas em infância trataram de diversos temas, como planejamento familiar, pré-natal, parto e pós-parto à luz da importância estratégica dos primeiros 1000 dias.

O coordenador Internacional da Pastoral da Criança, Nelson Arns Neumann, falou sobre os cuidados necessários na gestação, como a nutrição da mãe. “Cerca de 30% dos idosos com problemas cardíacos, de hipertensão, diabetes e osteoporose nasceram com baixo peso”, afirmou o convidado.

Já a coordenadora da Saúde da Mulher do Ministério da Saúde, Ana Cristina Russo, explicou como funciona a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde da Mulher. “A política cuida da mulher de forma integral, promove a melhoria das condições de vida e saúde das mulheres e contribui para a redução da morbidade e mortalidade feminina”, ressaltou.

Outro assunto abordado no seminário foi a participação do homem no pré-natal. A coordenadora do Programa Saúde do Homem da Secretaria Municipal de Saúde de Bento Gonçalves, Evelise Bender, compartilhou sua experiência com os homens da região. “Nós trabalhamos fortalecimento da Lei do Acompanhante e atuamos dentro da unidade de saúde para que o homem participe de todos os ambientes do acompanhamento gestacional, como consultas e atividades educativas.

“Os pais precisam assumir um papel ativo em toda a primeira infância. Muitos abrem mão da licença-paternidade e isso tem que acabar. Precisamos atuar junto com as empresas em campanhas que estimulem a participação dos homens nesse processo”, destacou Paula.

Pacto da Primeira Infância

Iniciativa do CNJ, o Pacto Nacional pela Primeira Infância é uma ação integrada para fortalecer as instituições públicas que garantam o direito, a proteção e melhores condições de vida às crianças.

No seminário, a região Sul, por meio de seus governadores, assinou o termo de adesão ao Pacto da Primeira Infância.

Essa foi a última edição do seminário. As outras quatro regiões também participaram de seminários no mesmo modelo.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?