Falta de creche também é violência contra a mulher, diz Paula Belmonte

Falta de creche também é violência contra a mulher, diz Paula Belmonte

Falta de creche também é violência contra a mulher, diz Paula Belmonte

A deputada Paula Belmonte (Cidadania-DF) presidiu a sessão de comemoração dos 13 anos da Lei Maria da Penha e disse que é uma violência a mulher em situação de vulnerabilidade não poder contar com creches para deixar seus filhos e buscar o mercado de trabalho. A parlamentar justificou que a autonomia financeira dá condições às mulheres de fugir da violência doméstica praticada principalmente por seus companheiros.

“As mulheres vulneráveis são as que têm menos acesso a creches, fundamentais para que tenham oportunidade de trabalhar e conquistar sua autonomia”, ressaltou a deputada. Segundo Paula Belmonte, o número de creches disponibilizadas pelo poder público atende a apenas 20% da demanda, o que condena muitas mulheres a viver na dependência dos maridos.

A parlamentar lembrou também a situação de mães de crianças com doenças raras ou portadoras de deficiência. “Elas muitas vezes são abandonadas, e isso também é uma violência. E nós muitas vezes não temos espaço para recebê-las nem para acolher seus filhos adequadamente”. Paula Belmonte defendeu que as meninas cresçam sendo ensinadas a exigir igualdade de condições com os meninos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?