Aprenda dicas para combater e prevenir exploração de crianças na internet

Aprenda dicas para combater e prevenir exploração de crianças na internet

Aprenda dicas para combater e prevenir exploração de crianças na internet

Paula Belmonte e representantes do Facebook e da SaferNet Brasil conversaram sobre o tema em live

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) promoveu nesta semana uma live com representantes do Facebook e da SaferNet Brasil, instituição de referência em segurança digital, para esclarecer como é possível combater e prevenir a exploração de crianças e de adolescentes na internet.

No início da live, a parlamentar chamou a atenção para o aumento no número de casos de violência contra a criança na pandemia. “Esse aumento é resultado também das escolas fechadas porque o professor é, muitas vezes, quem faz as denúncias. Precisamos nos unir para garantir segurança às nossas crianças. Denunciar é fundamental!”, afirmou Paula Belmonte.

A SaferNet Brasil e o Facebook lançaram a campanha “Denuncie. Não compartilhe”. O objetivo é promover a conscientização sobre a importância de denunciar conteúdo de abuso e exploração sexual infanto-juvenil e educar as pessoas para que não compartilhem este tipo de material.

A gerente de Bem-estar do Facebook, Daniele Kleiner, contou que a gigante de tecnologia faz um trabalho integrado com outras empresas para que o conteúdo de violência não migre de uma plataforma para outra. “Nós investimentos também em tecnologias que analisam o conteúdo postado, que identificam vídeos, fotos e interações inapropriadas entre adultos e menores”, pontuou.

De acordo com Daniele, o Facebook reporta as informações recebidas às autoridades internacionais competentes para os casos sejam devidamente tratados.

O fundador e presidente da SaferNet Brasil, Thiago Tavares, afirmou que a internet é uma aliada para fazer denúncias porque facilita o processo ao disponibilizar as provas em um clique. “As pessoas podem contribuir não ignorando nem omitindo o conteúdo de violência. Para denunciar, basta copiar o link e preencher um formulário no site www.deuncie.org.br”, afirmou.

A gerente do Facebook também falou sobre a importância de educar jovens para uso seguro da internet. “Saber usar bem a internet é ter valores, reconhecer o risco, ensinar o respeito e construir relação de confiança para o jovem procure o adulto caso aconteça algo estranho”, destacou Daniele.

O Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos tem um canal importante de denúncias: o Disque 100. Na plataforma, em 2020, foram registrados 95.245 denúncias de violência contra crianças. Destas, 14.621 são violências de natureza sexual. Denuncie também!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?