GUIA: Como escolher a melhor escola para o seu filho

GUIA: Como escolher a melhor escola para o seu filho

GUIA: Como escolher a melhor escola para o seu filho

A volta às aulas chegou e, com ela, a dúvida: “devo renovar a matrícula ou procurar uma nova escola?”. Neste guia, você vai aprender a escolher a melhor escola particular para seu filho. Resultados, modelo de ensino, segurança e acolhimento são critérios essenciais.

É importante levar em conta que no Distrito Federal existem cerca de 80 instituições de ensino básico – dessas, 53 são creches ou berçários – em situação irregular, de acordo com o Sindicato dos Professores de Estabelecimentos Particulares do Distrito Federal (Sinproep). Mas não se preocupe. Nós vamos te mostrar como consultar o credenciamento desses colégios e creches.

VEJA TAMBÉM:

Projeto de Paula Belmonte destina recursos da mineração para a primeira infância

Biênio da Primeira Infância será em 2020 e 2021

Confira sete dicas para não errar na hora de escolher colégio ou creche.

  1. Estabelecimentos credenciados

É possível checar a regularidade das escolas acessando o site da Secretaria de Educação, que é a autoridade responsável por autorizar o funcionamento de estabelecimentos de ensino. A lei prevê que as escolas devem fixar em local visível o documento de credenciamento, para que não restem dúvidas sobre a regularidade. Assim, você vai poder escolher a melhor escola para seu filho.

  1. Visite a escola

É imprescindível fazer uma visita criteriosa à escola ou creche. Afinal, seu filho vai passar várias horas do dia lá. Verifique se as paredes estão pintadas, se há fiação elétrica exposta, se há local de lazer, com brinquedos novos, se as cadeiras estão em boas condições e muitos outros critérios que podem demonstrar boa conservação. Durante a sua passagem pela escola, observe se os funcionários são educados e cordiais. Esse pode ser um bom indicativo de como as crianças serão tratadas.

  1. Conheça o conteúdo escolar

O currículo escolar é importante para escolher uma boa escola. Certifique-se de que são oferecidas atividades como artes, música, teatro e esportes, que são fundamentais para o desenvolvimento das crianças e adolescentes. É importante saber se os valores são compatíveis com os da sua família, se o debate sobre educação sexual está de acordo com aquilo que você acredita.

  1. Contato com professores

De nada adianta conhecer as instalações do colégio se não houver uma boa conversa com os professores. Esses profissionais serão responsáveis por transmitir conhecimento e, para que haja uma boa sintonia, é preciso empatia e comprometimento. Além do contato inicial, é fundamental ir a todas as reuniões de pais e obter retornos sobre o desempenho escolar do seu filho. Problemas podem ser corrigidos com diálogo e, sobretudo, muita compreensão.

  1. Resultados

É ótimo saber que a escola escolhida aprovou vários estudantes em universidades federais. Muitas vezes é sinal de que o foco desses estabelecimentos é encaminhar os estudantes para o ensino superior. Entretanto, esse não deve ser o único objetivo. A educação básica é também um período de desenvolvimento humano e, por isso, os resultados são ótimos, mas não são o único critério a pesar. Saiba se os estudantes estão satisfeitos e se a educação é inclusiva e participativa.

  1. Seu filho

Você pode até achar que seu filho não é capaz de avaliar e tomar decisões por si só. É claro que a palavra final deve ser dos pais, mas se a escola não for um ambiente em que o estudante se sente bem, o aprendizado e o amadurecimento não serão fáceis. Escute as reclamações do seu filho, pondere se fazem sentido e se algo pode ser feito. Seja acessível aos sentimentos da criança, até como forma de criar laços.

  1. Preço

De nada adianta ser uma escola ótima, bem equipada e acolhedora se o preço não está dentro do orçamento. A educação é essencial, mas as famílias precisam pensar se os valores correspondem às expectativas. E lembre-se: muitas vezes o preço não se traduz em qualidade de ensino e boa estrutura. Então é necessária muita sabedoria para tomar essa decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

O que deseja encontrar?